[REVIEW] Oblivion

“Cenários bonitos e trilha sonora são os destaques de ficção científica estrelada por Tom Cruise”

Por Luís Gustavo Fonseca

Com o lançamento de No Limite do Amanhã nesta quinta (29), acho justo falar de um sci-fi que pouco foi comentado pelas pessoas, quando estreou por aqui ano passado. Olhando a ficha técnica do filme, encontramos nomes como Tom Cruise, Morgan Freeman, o diretor de Tron:Legacy e os produtores de Planeta dos Macacos: A Origem. Elementos suficientes para conferir o filme.

O filme é muito bom. Não…acho que ele é excelente, pelo menos em alguns aspectos. Uma breve sinopse: Jack Harper (Tom Cruise) é responsável pela “limpeza” do planeta, após uma invasão alienígena que causou a devastação da Terra. Sua missão o obrigou a apagar sua própria mente, mas em breve, ele e a sua companheira, Victoria (Andrea Riseborough) irão para Titã, uma das luas de Saturno, para onde os seres humanos fugiram após a Guerra. Tudo ia bem, até Jack começar a ter lapsos de memória, passar a questionar sobre seu trabalho, e até Julia (Olga Kurylenko) aparecer.

oblivion 3

Aqui, o diretor Joseph Kosinski, em seu segundo trabalho, repete a formula usada em Tron:Legacy. Quem viu o filme vai se lembrar de como ele desenvolve a película: uma mistura de cenas mais rápidas e de ação, com cenas que trabalham mais as tramas dos personagens (pessoas que gostam mais de ação irão reclamar que essas partes, importantes no filme, dão sono). Assim, ele vai construindo o filme, e como no Tron (pelo menos na minha opinião), faz isso muito bem. A história consegue prender o telespectador, que aos poucos, vai entendendo as sutilezas que há na história.

História, essa, escrita pelo próprio Kosinski, com a colaboração de Karl Gadjdusek (Reféns) e por Michael Arndt (Brave, Toy Story 3 e Pequena Miss Sunshine). Numa época onde enchemos a boca para falar da falta de criatividade de Hollywood, o trio merece aplausos. Conseguiram construir um enredo cativante, que sabe trabalhar com os personagens (não todos, infelizmente) e que surpreende, mesmo que vez ou outra tenha usado algo mais clichê. Acho que, na parte do roteiro, o lado negativo fica por conta de uma grande inspiração que eu detectei, sobretudo no final do filme, mas que não vou comentar por considerar um spoiler. Apesar disso, acho que o ângulo que eles usaram para abordar isso foi bom.

Se a direção e o roteiro chamam a atenção e agradam, as atuações ficam devendo. Olga e Andrea conseguem desempenhar bem o papel a elas designados, mas é só. Não inspiram, não marcam quem assiste. Morgan Freeman e Nikolaj Coster-Waldau (sim, o Jayme Lannister) têm os seus momentos, mas também não conseguem ir muito longe. O destaque fica mesmo para o Tom Cruise. Não tão brilhante como em Missão Impossível: Protocolo Fantasma, mas ainda sim, em um excelente papel.

Não sou especialista, por isso me considero incapaz de falar sobre, mas os efeitos especiais e a parte de fotografias estão muito boas. Agradeço pelo não uso do 3D no filme, isso o deixou muito mais bonito.

As semelhanças com Tron não terminam na direção e no modo de conduzir o filme. Com a dupla responsável pela trilha sonora de Poder sem Limites (que eu prefiro chamar de Chronicle), M.8.3 e Anthony Gonzalez, Kosinski volta apoiar seu filme no poder da trilha sonora e, novamente, se sai de forma brilhante. A trilha sonora não chega perto do épico feito por Daft Punk, mas o resultado é algo fantástico. Uma das ótimas composições que eu tenho na minha biblioteca de trilhas sonoras.

Num ano onde outros sci-fi’s tiveram mais destaque, como Star Trek, Pacific Rim e Elysium, Oblivion se destaca e surge como uma bela surpresa. O meu parabéns e meu boa sorte para o novato Joseph Kosinski, que continua tendo uma boa média comigo, e que ele dirija outros ótimos filmes!

Nota: 8/ 10.

oblivion 1

Anúncios

5 comentários sobre “[REVIEW] Oblivion

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s