[POCKET-VIEW] The Way Way Back

Por Luís Gustavo Fonseca

Com (muito) exagero, digo que esse filme é o As Vantagens de ser Invisível de 2013, em escala um pouco menor.

Na história, Liam James é Duncam, um menino de 14 anos que claramente apresenta problemas de se relacionar com o mundo. Tímido ao extremo, ele é viaja com a  mãe, Pam (Toni Collette) e é obrigado a passar o verão ao lado de seu novo namorado, Trent (Steven Carell) e sua filha, Steph (Zoe Levin). O que deveria ser um verão tortuoso para o jovem rapaz, acaba por se tornar uma oportunidade de transformação na vida de Duncam, principalmente depois que ele conhece Owen (Sam Rockwell) e Susana (Anna Sophia Robb).

Apesar de se vender como uma comédia, o filme tem um dom dramático interessante. Nat Fraxon e Jim Rash dirigem e roteirizam o longa. É a mesma dupla responsável por Os Descendentes e, agora, reparo em semelhanças. A história transcorre de maneira tranquila, com fluidez, a dinâmica do filme é muito boa. A história é interessante, há planos muito bons (a comparação entre a primeira e a última cena é demais), ótima fotografia.

Porém, o melhor de tudo são as atuações: Carell está um asshole (é muito bacana ver esses atores de comédia em papéis mais sérios), atuação muito boa do Liam James, mas destaco o Sam Rockwell. PORRA, FODA! Pro papel no filme, coube direitinho. É por essas e por outras que Lunar é fantástico.

Enfim, recomendado.

 Nota: 8/ 10.

Anúncios

2 comentários sobre “[POCKET-VIEW] The Way Way Back

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s