[FORA DE SÉRIE] This Is Halloween

Por Matheus Araujo

This is Halloween é a música de introdução do representativo O Estranho Mundo de Jack, animação da Touchstone (uma subdivisão da Disney) que na época de seu pré-lançamento, gerava dúvidas entre os executivos do estúdio não acerca de sua qualidade, mas da aceitação do perturbado mundo de Tim Burton pelas crianças. Tolinhos…

Aliás, uma enorme curiosidade que sempre tive quanto ao filme era justamente o nome de Burton, logo ali, bem em cima do título. O que Tim fazia no filme? Bom, anos depois, descobri. Tim Burton produz, “apresenta”… Passo anos de minha vida acreditando que o filme é dele – inclusive considerando-o um dos melhores de toda sua carreira – e, ele APENAS produz?! Só grana?! Eis que com uma desesperada busca, me alivio. Descubro que a criação do filme parte de um poema dele. E um “off-topic” sobre poemas e Burton, gosto muito e recomendo o livro de poesia esquizofrênica dele. É muito divertido aquele tal de Menino Ostra.

E o comando que não é de Tim Burton é de Henry Selick. Quem é o sujeito? Um grande nome da animação stop-motion, ora bolas! Fez além de “Jack”, Coraline, se bem que o crédito por sua qualidade atribuo à dupla Gaiman & McKean, na minha fecal opinião; James e o Pêssego Gigante, que também é produzido pelo Burton… Eeeh… São esses os grandes nomes de sua filmografia e nenhum deles é bastante autoral, logo, limito-me a pensar que o que Selick sabe realmente fazer é mexer com stop-motion e apenas isso. Novamente, não que Selick não faça um excelente trabalho, contudo não atribuo o grande crédito por nenhum deles a ele. Sempre um nome por trás… Portanto, volto acreditar, mesmo que contrariado, que o responsável pela maestria, quem fez e desfez em O Estranho Mundo de Jack foi Timothy Walter Burton, o vulgo lunático marido de Bellatrix Lestrange.

tim1

De Volta Para Tim, temos aqui um de seus melhores filmes, e cá para todos nós, não tinha mesmo como dar errado. Tim vinha de sucessos explosivos como Beetlejuice, Edward, e, sobretudo, Batman. Ele tinha naquele momento toda a confiança que a Disney jamais o tinha concedido e ele tanto desejara durante seus anos de aprendiz no estúdio. Tudo isso sem ainda falar da própria Disney, vivendo o seu melhor momento após a morte de seu criador, que havia emplacado há pouco obras tais quais: A Bela e a Fera, Aladdin, A Pequena Sereia; e os vindouros dessa mesma primorosa década: Tarzan, Mulan, Hércules, O Corcunda de Notre Dame e, claro, as obra-primas, Toy Story e O Rei Leão.

E que tal falar um pouco do que intitula este maldito texto?! A música é composta (e cantada, já que interpreta o próprio Jack) pelo parceiro de longuíssima data de Burton, Danny Elfman, também ex-líder da banda Oingo Boingo. Elfman realiza um de seus melhores trabalhos e, vide o belo histórico do compositor (Edward, a abertura de Os Simpsons, as trilhas sonoras de Batman e Spider-man, além do jogo Fable), é um puta concerto!

Especificamente, em This is Halloween, a primeira e, provavelmente, a faixa mais memorável de todas, temos uma perfeita síntese de toda obra. Elfman (que sobrenome legal!) nos presenteia com um tom de celebração mixado a uma atmosfera sombria. Destaque ao uso de: vários metais interessantíssimos; uma percussão muito esperta; uma enorme diversidade de vozes isoladas e em coro, demonstrando sintetizadores bem empregados, que brilhantemente compõem e apresentam de forma única cada uma das criaturas do terror.

Todos os elementos, inclusive as crianças, estão em perfeita harmonia à espera do grande Rei das Abóboras.

THIS IS HALLOWEEN!

Anúncios

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s