Minhas Apostas do Verão

Por Matheus Araujo

A cada dia que passa, o momento em que os clássicos dizeres dos trailers – This Summer – mais fazem sentido se aproxima. O verão norte americano desponta no horizonte e, em tese, consigo traz os maiores lançamentos do cinema. Em um ano com dose dupla de Pixar,  Minions, o maior lançamento da Marvel, o sétimo episódio da cada vez mais forte franquia Velozes e Furiosos, além do renascer de tantos clássicos: Jurassic Park, Exterminador do Futuro e Mad Max. Confira e anote as datas daqueles que eu digo que serão os melhores entre os maiores.

Reforço que não estou predizendo as maiores bilheterias do período, pois é mais que seguro afirmar que Vingadores já está no topo. O que estou fazendo aqui, é um serviço de utilidade pública, listando quais serão os filmes que realmente valerão o seu ingresso.

Antes de começar, dois avisos: a lista respeita uma ordem cronológica, não uma ordem de qualidade; e ela cobre apenas o verão norte americano (que, pragmaticamente, vai de meados de abril ao fim de agosto). Portanto, já alerto que grandes lançamentos como Star Wars e Jogos Vorazes não fazem parte dessa brincadeira.

Os Vingadores: A Era de Ultron (23 de abril)

Ok. Essa é a aposta mais tranquila dessa lista. E justamente por isso não discorrerei sobre esse filme. Ninguém precisa ser convencido  a prestigiar os heróis da Marvel, que já vem reinando há vários verões. É basicamente IM-POS-SÍ-VEL que esse filme dê errado.

Se ainda não conferiu os trailers, clique aqui e aqui.

Mad Max – Estrada da Fúria (14 de maio)

Ironicamente, logo abaixo da aposta menos arriscada talvez venha a maior. Se no filme anterior não há argumentos, pois estes não se fazem necessários; aqui eles são escassos, visto que pouco sei dessa franquia. Fui de fato convencido pelos trailers dessa maravilha. Visualmente instigante. Belo em sua vasta aridez e perversão. Sinto até certa gratidão por sua proposta ainda ser inédita para mim.

Aliás, Mad Max é o único renascimento de franquia deste verão que confio plenamente. O mote de Jurassic Park é aterrador. Exterminador do Futuro tem sido um erro desde a saída de James Cameron. Essas duas franquias depositam suas esperanças em sucessos passados. Mad Max não apela para tanto e faz do passado, seu presente, ao conservar a mesma mente por de trás das cortinas que tanto carecem agora os outros projetos.

Estrada da Fúria em poucos segundos de tela conquista toda uma nova audiência. Confira os trailers:

Tomorrowland (04 de junho)

Não, não é o festival de música. Não, nada em comum. Esse Tomorrowland é aquele novo filme do Brad Bird. “Quem?”, você pergunta. Brad Bird é um dos meus favoritos cineastas de Hollywood e, arrisco, tem no currículo pelo menos uma obra que você aprecia bastante. Ele é responsável por: o amado O Gigante de Ferro; o melhor filme de super-heróis de todos os tempos, Os Incríveis; o deliciosíssimo Ratatouille; e, PQP, Missão: Impossível – Protocolo Fantasma!

Se você não gosta de nada disso aí de cima… Bom, boa pessoa, você não é. Contudo, persistirei contigo.

Ainda não há muito sobre Tomorrowland por aí. O que se sabe, por enquanto, é que se trata de uma misteriosa ficção científica com uma protagonista bem maneira. A história parte de um bóton que permite a garota viajar com sua mente no tempo e espaço, mas permanecendo conectada a seu lugar de origem. Aparentemente, tudo o que se faz nesse outro mundo, conhecido como Tomorrowland, afeta o nosso. Se mais do que isso foi revelado, eu não vi e estou bem assim. Já fui fisgado. Guardarei minha curiosidade para o cinema.

Dê uma chance ao trailer e largue aí nos comentários o que achou.

Divertida Mente (02 julho)

Não só aposto na qualidade desse filme, como também aposto que quem fizer a resenha dele, usará o advérbio “divertidamente” no texto. Dizer que a Pixar andou falhando nos últimos anos é um exagero, mas negar que a média de qualidade de seus filmes desde de Toy Story 3 abaixou – curiosamente desde que a Disney “roubou” o seu diretor criativo – também o é.  Tanto, que, felizmente, preocupados com a qualidade de seu produto, não lançaram filme no ano passado. Devido a esse tipo de atitude e ao potencial criativo já demonstrado com Divertida Mente, acredito no retorno aos tempos áureos.

Pra quem ainda não tá ligado no projeto, em suma, Divertida Mente passa-se dentro da cabeça de uma garotinha e seus personagens principais são emoções.

Então, é isso. O texto já está cumprido demais. Até tenho outras apostas, mas estes são os projetos nos quais confio sem quaisquer ressalvas. Claro, há bastante do meu gosto pessoal envolvido (espero ter conseguido expressar isso suficientemente bem), todavia, também creio que essa lista é composta apenas por filmes que, se com um espectador disposto,  encantarão profundamente.

Esqueci algum? Discorda de mim? Deixe sua opinião nos comentários.

Anúncios

3 comentários sobre “Minhas Apostas do Verão

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s