Não, a Pixar nunca foi embora. Já a DreamWorks…

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Divertida Mente estreia amanhã no Brasil e, sem ver o filme, tenho certeza que ele é bom. Bom não, ele é excelente! O filme, uma das principais apostas do “Verão” aqui no site, empolga não só pela ideia original e inusitada (mostrar sentimentos diferentes dentro da cabeça de uma garotinha), mas pelo que já foi mostrado. Vi apenas o primeiro trailer, e fugi de todo o resto da divulgação do filme, querendo guardar todas as surpresas (e emoções!) para quando assistir ao longa na telona.

Contudo, desde que foi anunciado, e à medida que foi sendo divulgado, Divertida Mente sempre esteve associado a uma ideia que me incomoda profundamente: a de que, finalmente, a Pixar estaria de volta.

Ora: como algo que NUNCA foi embora, pode estar de volta?

Minha reação quando dizem que "A Pixar se foi"
Minha reação quando dizem que “A Pixar se foi”

Não faço a mínima ideia de como esse “mito” começou, mas suspeito quais são os principais personagens deste enredo. Para começar, façamos uma retrospectiva da Pixar nos últimos 5 anos.

Em 2010, tivemos Toy Story 3, a primeira animação a ultrapassar a barreira de um bilhão de dólares em faturamento e, particularmente, o meu favorito dos três. Não, NÃO estou dizendo que os outros dois (sobretudo o primeiro) sejam filmes ruins, muito pelo contrário. Só acho o terceiro mais completo, afinal, fechar* uma história de forma digna é muito mais complicado que iniciar uma. Se Toy Story 3 tem algum “defeito”, é o fato de ser uma continuação, argumento que será um dos pivôs da “crise” da Pixar.

No ano seguinte, o primeiro e talvez principal personagem desta história: Carros 2. O primeiro Carros era tido como o filme mais fraco do estúdio, o que concordo. Mas nem por isso, o considero ruim. Ao menos, o meu eu de 12 anos gostou do filme quando foi vê-lo no cinema (e acredito que o público dessa faixa etária era o principal alvo dos realizadores), e mesmo revendo após alguns anos, ainda acho uma animação que possui boas qualidades. A questão é que ela, de fato, não precisava possuir mais um filme. Não havia esta necessidade, e a continuação não consegue, ao menos, igualar o patamar da primeira, tendo herdado o posto de pior animação da Pixar.

Como fã de F1, Carros 2 tem seus bons momentos. O filme não chega a ser ruim. Mas não era realmente necessário, e já vimos coisas da Pixar BEM melhores.
Como fã de F1, Carros 2 tem seus bons momentos. O filme não chega a ser ruim. Mas não era realmente necessário, e já vimos coisas da Pixar BEM melhores.

Se Carros 2 deu sinais de fumaça, o segundo personagem, Valente, foi quem “instaurou o fim da Era de Ouro” do estúdio. Se aventurando pela primeira vez no campo das princesas, confesso que o resultado, a princípio, não me agradou. Porém, a culpa não é necessariamente do longa: os trailers que anunciavam o filme apontavam para uma direção, uma abordagem,e  o filme resultou em um caminho totalmente inesperado. O que acho até positivo, se você parar para pensar que hoje, muitas pessoas reclamam que “o trailer mostra o filme todo”. Causou estranhamento e um certo desconforto da primeira vez, mas recentemente, dei uma nova chance a animação, e que BAITA filme! Certamente, não é minha animação mais querida, mas é uma obra que possui diversas qualidades e que, justamente por ter causado aquele estranhamento num primeiro contato, muitas pessoas não quiseram dar uma nova oportunidade a ela. Uma pena.

Em 2013, tivemos Universidade Monstro, outra excelente animação do estúdio, que equiparo a Monstros S.A sem medo (RÁ!). O problema? “Ah, não, outra ideia não original da Pixar!” Talvez ela não tinha a necessidade de existir, como Carros 2. Mas é um resultado tão primoroso, tão bem executado, que eu não entendo como as pessoas podem ter birra só por reaproveitar um universo já estabelecido. Quero dizer… O 3º filme da Pixar já foi uma continuação, mas na época, ninguém pareceu se incomodar com isso. Aliás, a continuação mais almejada dos últimos 15 anos é a d’ Os Incríveis, que, vejam só, é da Pixar! Vai entender ¯\_(ツ)_/¯.

Mesmo sendo uma "continuação", meu fascínio por Universidade Monstro é representado pelo jovem Wazowski
Mesmo sendo uma “continuação”, meu fascínio por Universidade Monstro é representado pelo jovem Wazowski

No ano passado, o terceiro e último personagem: o adiamento de O Bom Dinossauro, que sairá em Novembro deste ano, e teve seu primeiro trailer divulgado algumas semanas atrás. Era o primeiro imprevisto do estúdio em sua história, e isso pegou todos de surpresa. Mas, novamente, as pessoas fizeram uma tempestade em copo d’ água. Ora, como se um estúdio, gerido por HUMANOS (ou seja, que estão sujeitos a erros), não pudesse recuar, repensar, e lidar com imprevistos. Se for para atrasar o filme e garantir sua qualidade, que assim seja!

Resumindo: nos últimos 5 anos, tivemos 2 filmes nota 9+ (Toy Story 3 e Universidade Monstro), um nota 8 (Valente) e um nota 5 (Carros 2). Média de aproximadamente 8. E um adiamento. Pergunto de novo: essa crise existe MESMO?

Existe, sim. Mas não com a Pixar.

E sim com a DreamWorks.

A DreamWorks precisará de MUITO mais do que uma cara pidona para sair desta crise.
A DreamWorks precisará de MUITO mais do que uma cara pidona para sair desta crise.

Realizando o mesmo retrospecto, de 2010 pra cá, tivemos: Shrek Para Sempre (eu não gosto da franquia do Shrek, mas algo me diz que esse é o mais fraco da saga); Como Treinar Seu Dragão (EXCELENTE!); Megamente (muito bom!); Kung Fu Panda 2 (considero um resultado mediano pra bom); Gato de Botas (mediano); Madagascar 3 (mediano) A Origem dos Guardiões (EXCELENTE!); Os Croods (mediano/bom); Turbo (ruim); Peabody & Sherman (mediano); Como Treinar Seu Dragão 2 (EXCELENTE!); Pinguins de Madagascar (nem consegui ir ver o filme, mas só de não ter tido uma nota aqui no Filmaiada!, acho sintomático); e Cada Um na sua Casa (ruim).

Resumindo, no mesmo período, foram três nota 9+ (Dragão 1 e 2 Guardiões); um nota 8 (Megamente); dois nota 7 (Panda 2 e Croods); três nota 6-6,5 (Gato, Madagascar 3 e Peabody) e três filmes 5- (o 4º Shrek, Turbo e Cada um na Sua Casa). Média de aproximadamente 6,95 (Note que Pinguins não está presente nesta lista).

Ou seja, ela produziu muito mais, mas proporcionou resultados muito menos empolgantes.

Apesar de ser uma das melhores animações da última década, nem os Guardiões conseguiram salvar a DreamWorks
Apesar de ser uma das melhores animações da última década, nem os Guardiões conseguiram salvar a DreamWorks

Algo deve ficar claro: ao contrário da fama que a Pixar criou na última década, a DreamWorks nunca teve vergonha de investir em continuações e adaptações. E isso, acho, está longe de ser algo ruim, ou digno de críticas antecipadas. Acho interessante, pois proporciona diversidade dentro das opções de animação em Hollywood.

Contudo, a própria qualidade da DreamWorks caiu. Poxa: Fuga das Galinhas, Shrek e Madagascar (para dizer só dos primeiros de cada franquia) e Kung Fu Panda estão em outro nível, isso sem contar as animações 2D, como Príncipe do Egito e O Caminho para El Dorado. As animações medianas da DreamWorks da última década, como Monstros VS Alienígenas e Os Sem Floresta, superam com facilidade várias da lista ali de cima. E o estúdio caiu não apenas em qualidade: houve fracassos de bilheteria também (incluindo o ótimo Origem dos Guardiões), o que causou a demissão de 500 funcionários e o replanejamento de filmes, no início deste ano.

Assim como as abelhas, a DreamWorks se foi e ninguém parece se importar (e isso é o mais perto que chegarei de fazer uma referência ao Bee Movie). Então, ao sair da sessão de Divertida Mente, já planejando rever o filme, não diga que “A Pixar voltou!”. E sim, torça para que a DreamWorks retorne. Pois ter as duas E a Disney (que, a propósito, voltou com tudo já tem um tempo) brilhando juntas, é o que o público e as crianças merecem.

*talvez “fechar” não seja o termo mais apropriado, já que tivemos alguns especiais depois, e foi anunciado o Toy Story 4. ESSE SIM, não tinha necessidade. Mas vai que… ?

Anúncios

4 comentários sobre “Não, a Pixar nunca foi embora. Já a DreamWorks…

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s