[FORA DE SÉRIE] “25” – O Despertar de Adele

Por Luís Gustavo Fonseca

 

O ano de 2015 é, definitivamente, o ano de matar a saudade (ou não!) de trabalhos que marcaram época. Tivemos o retorno de Mad Max e Jurassic Park, além da volta de Johnny Depp a um papel digno e o de Riddley Scott a uma direção de um ótimo filme. E se falta menos de um mês para o retorno de Star Wars ao cinema, o “Despertar da Força da música” teve o fim da sua espera.

Nesta sexta (20), o novo álbum de Adele, 25, foi lançado. Após superar os problemas que teve na garganta, no fim de 2011, e passar um tempo ao lado do primeiro filho, a expectativa de ouvir novas composições da vencedora de 6 Grammys de 2012 era gigantesca.

adele 2

Eu nem sou dos maiores fãs da cantora, apesar de gostar dos singles dela que fizeram sucesso. Mas putz… Como eu estava com saudade da voz dela! Se Hello já é arrebatadora (essa música já tem mais de 400 milhões de views no YouTube com 1 mês de lançamento!), as demais composições do novo álbum também apresentam uma fantástica qualidade.

Send My Love deve ser uma das obras mais diferentes da cantora, com uma pegada bem diferente do que marcou 21 e, por isso, que é boa de ouvir. Pela mesma linha, temos Water Under the Bridge. Prova que ela pode te jogar pra cima também (mesmo que, quando você olhe a letra, ainda seja algo mais triste). I Miss You retoma a pegada mais “depressiva”, mas tem um tom na melodia, no instrumental, diferente. Love In the Dark e All I Ask apostam num belo piano, e talvez só agora (!) eu percebo como a parte instrumental das músicas da cantora são boas. Prova disso talvez seja River Lea.

Remedy acho que será melhor aproveitada quando sair uma versão acústica. O álbum ainda conta com mais três músicas (Sweetest Devotion, Million Years to Go e When We Were Young) que, apesar de boas (a voz da Adele deixa tudo bom), achei as menos impactantes.

Não há dúvidas que 25 será um sucesso de vendas, principalmente de CDs (Adele não disponibilizou as músicas para streaming). Mesmo que não seja o seu melhor trabalho, o disco é mais uma prova de que a cantora é um dos maiores expoentes da música dos últimos 20 anos. Como é bom ter você de volta, Adele!

Anúncios

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s