Ave, César!

“Nova produção dos irmãos Coen aposta no humor diferente da dupla para pescar atenção do público”

Por Luís Gustavo Fonseca

Com o passar dos anos, os irmãos Joel e Ethan Coen se tornaram uns dos meus diretores favoritos, sobretudo pelo humor único da dupla e pela diversidade de abordagem nas obras. Após ver quase toda a filmografia da dupla, é até estranho pensar que eles são os responsáveis por produções tão diferentes como Fargo, Queime Depois de Ler, Onde os Fracos não Têm Vez, E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? e Arizona Nunca Mais (putz, John Goodman e Nicolas Cage com o humor dos Coen. Se você ainda não viu, assista!). Com esse histórico, e contando com um baita elenco, não havia como não ficar ansioso por Ave, César!

A trama se passa na Hollywood pós-guerra dos anos 50, acompanhando os desafios da rotina da indústria enfrentados pelo executivo Eddie Mannix (Josh Brolin), da Capitol Pictures. Rotina que é abalada quando o astro Baird Whitlock (George Clooney), estrela principal de um épico bíblico (bem no estilo Ben-Hur) é sequestrado, prejudicando toda a produção do filme e deixando a vida de Mannix ainda mais desastrosa.

caesar 02

O lado roteirista dos irmãos sempre me chamou mais a atenção que sua faceta de diretores. Não que esta seja ruim, já que o trabalho na direção em Ave, César! é conciso, contando com a boa fotografia de Roger Deakins (indicado no último Oscar de Fotografia por Sicario: Terra de Ninguém). Um ar de homenagem aos filmes da época se faz presente, tornando o filme, esteticamente, bem interessante. Há uma certa metalinguagem presente na obra, ao observamos os bastidores das gravações dos filmes, revelando como se portam os figurantes, a equipe de produção e outros integrantes que trabalham atrás das câmeras.

Esse tipo de brincadeira com a metalinguagem é uma dos elementos que torna o humor do filme ainda mais bem construído. Humor que, julgo, ser a melhor característica dos textos dos Coen, justamente por ser diferente, esquisito. Não é algo tão abrangente ou despirocado como em Deadpool ou Anjos da Lei, por exemplo, mas que sabe apresentar e desenvolver bem o tom de exagero, inusitado, caricato, baseado na máxima da comédia de erros. Um belo exemplo de César! é o diálogo muito “simpres” que há entre os personagens de Ralph Fiennes e Alden Ehrenreich, que causa uma espécie de “desconforto” no espectador devido ao seu desenvolvimento improvável e diferente. Se divertir com esse tipo de humor é, em grande parte, o segredo para gostar desse e vários outros filmes da dupla.

caesar 03

É uma pena que esse humor e exagero estejam diluídos em uma edição confusa, que trabalha de maneira um tanto desorganizada as subtramas do longa. Cenas como a de Channing Tatum dançando, apesar de bem realizada, pouco acrescentam à obra. Com isso, o filme de 1h46 (um tempo relativamente curto, se comparado a vários blockbusters da indústria) passa a impressão de ser muito mais longo, podendo perder a atenção do espectador em alguns momentos.

O filme, no geral, tem atuações satisfatórias, que se aproveitam do teor caricato da obra para se destacar, como as gêmeas jornalistas vividas por Tilda Swinton, o astro um tanto bonachão de George Clooney ou a estrela de filmes de faroeste interpretado por Alden Ehrenreich. Nada, porém, que salte os olhos. O trabalho mais consistente é o de Josh Brolin, contudo, nada que se compare ao que ele fez com os Coen em Onde os Fracos não Têm Vez.

caesar 01

Por fim, Ave, César! não é o melhor filme da dupla, porém é mais uma produção que torna a carreira dos diretores diversificada, com obras de  pegadas diferentes. Talvez eles não tenham o reconhecimento que merecem do grande público, mas os irmãos Coen permanecem sendo uma “alternativa” interessante e curiosa do atual cinema americano.

Nota: 7/ 10.

Anúncios

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s