Uma segunda chance para Duncan Jones

Por Luís Gustavo Fonseca

Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos, um dos blockbusters que eu mais aguardava este ano, estreou na última quinta-feira. Além de ser a adaptação de um dos meus jogos mais queridos, o filme marcava o retorno de Duncan Jones a direção, após um hiato de cinco anos, em que esteve atrelado a realização de Warcraft, seu primeiro blockbuster.

Como eu havia escrito, Warcraft é diversão garantida – ao menos, para os fãs dos games -, mas tem problemas, sobretudo em seu roteiro. Quesito no qual Jones participa ativamente, carimbando seu trabalho mais fraco até o momento. Se este foi o seu primeiro contato com alguma obra do filho de David Bowie, aconselho ir atrás de seus outros dois longas, Lunar e Contra o Tempo e, caso não tenha gostado da luta entre orcs e humanos, dê uma segunda chance ao diretor.

Lunar, lançado em 2009, é um dos melhores filmes de estreia da última década. O enredo narra a história de Sam Bell (Sam Rockwell), um astronauta que após três anos vivendo na Lua, está prestes a voltar para casa. Tendo como companhia apenas o seu computador GERTY (dublado por Kevin Spacey), o isolado protagonista tem sua estadia em nosso satélite revirada de cabeça para baixo após um encontro que colocará a prova sua sanidade.  O sci-fi é marcado pelo seu tom contido e introspectivo, contornando o baixo orçamento (sim, os efeitos das máquinas são um tanto toscos, mas isso não compromete) e entregando uma história bem humana. Hoje, pode-se dizer que a obra parece uma “mistura” de Oblivion e Perdido em Marte, com o robô dublado por Spacey sendo uma clara referência a 2001: Uma Odisséia no Espaço.

duncan 01

Nesse primeiro trabalho, destacam-se qualidades que retornariam nas demais produções de Jones: o design dos ambientes, limpos e claros, que corroboram com uma boa fotografia; o posicionamento da câmera, que por meio dos close-ups, aproveita melhor as reações de seu elenco; e a sua direção de atores. A voz impassível de Spacey é um excelente contra balanço para as duas personalidades que Sam Rockwell apresenta no filme (no que deve ser a sua melhor atuação da carreira), enquanto a trilha de Clint Mansell (Noé) proporciona o tom ideal para a atmosfera do longa.

Contra o Tempo pode não ter o mesmo brilho, mas é um longa igualmente interessante. O soldado Colter Stevens (Jake Gyllenhaal) faz parte de um programa experimental do governo, que o faz acordar no corpo de outra pessoa. Em um espaço apenas oito minutos, ele deve encontrar o responsável pela detonação de uma bomba em um trem de passageiros. O enredo é um tanto absurdo, envolvendo alguns conceitos que, a princípio, não ficam tão claros (mesmo ideia, mas uma abordagem diferente do que foi visto em No Limite do Amanhã). A condução que Jones dá a obra contem uma boa dinâmica, tornando os 90 minutos de fita bem proveitosos. A construção dos personagens é outro lado positivo, tornando-se fácil se afeiçoar a eles, o que possibilita atuações melhores de Gyllenhaal e Vera Farmiga. Novamente, um dos grandes méritos de Duncan Jones é o modo como ele explora e trabalha as emoções de seus protagonistas, atribuindo-lhes uma boa dose de carga dramática.

duncan 02

Mesmo que Warcraft tenha sido um tropeço, a carreira de Duncan Jones, até aqui, é marcada por trabalhos de destaque, que revelam o potencial existente em suas futuras produções. É um começo mais sólido do que outros diretores que, apesar de maior sucesso comercial, deixaram um gosto mais amargo na boca, como Neil Blomkamp. Seria o caso de Duncan funcionar melhor em produções menores? Isso, só o tempo dirá.

Anúncios

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s