12 Filmes para ficar de olho em 2017

Por Luís Gustavo Fonseca

Ao menos no cinema, o ano de 2016 não foi tão ruim quanto em outros aspectos da vida cotidiana. Tudo bem, houve filmes ruins, como Independence Day: Ressurgimento, algumas decepções como Esquadrão Suicida, mas também houveram pontos positivos, desde longas que saíram em Janeiro, como Os Oito Odiados, passando por surpresas como Deadpool e Zootopia, até a possíveis concorrentes ao Oscar deste ano, como A Chegada.

Mas e 2017? O que será que reserva para nós? Abaixo, uma lista com alguns dos longas que, acredito, você deva marcar na sua agenda para assistir nas telonas, dividido por mês, de acordo com a data prevista de lançamento de cada um deles no Filme B.

La La Land: Cantando Estações (19 de janeiro)

Um dos grandes favoritos a temporada de premiação deste ano, o musical La La Land: Cantando Estações já mostrou sua força ao ser o longa com maior número de indicações ao Globo de Ouro, disputando em sete categorias. A trama narra a história de um pianista que se apaixona por uma atriz em Los Angeles, com o casal sendo interpretado por Ryan Gosling e Emma Stone. É, também, o retorno de Damien Chazelle as telonas, já que o último trabalho do diretor/roteirista havia sido Whiplash: Em Busca da Perfeição, obra que conquistou três Oscars em 2014 – além de milhares de admiradores no mundo todo.

filme-01

John Wick: Um Novo Dia Para Matar (16 de fevereiro)

Em 2014, John Wick (uma decisão inteligente terem abandonado o nome De Volta ao Jogo na continuação) foi um hit de relativo sucesso nos cinemas: custando US$ 20 milhões, a produção arrecadou US$ 86 milhões no mundo todo. Mas a obra conquistou centenas de novos fãs quando chegou ao home video e serviços de streaming, e a surpreendente popularidade foi o suficiente para engatilhar uma continuação. Com cenas de ação e tiroteio críveis e bem feitas, uma boa trilha sonora e um Keanu Reeves que está a vontade no papel, a promessa é que o hitman vingador de cachorros volte chutando todas as bundas no novo filme.

filme-02
Sim, ele tem um cachorro novo.

Logan (2 de março)

Talvez o primeiro filme de super herói que colherá, de maneira direta, o sucesso de Deadpool. Após a bilheteria gigantesca acumulada pelo Mercenário Tagarela, a FOX finalmente teve os culhões para fazer um longa para maiores para o Carcaju mais conhecido do mundo. Além de prometer a sanguinolência e violência que o personagem merece (combinando, ainda, com uma interessante vibe de The Last of Us), a produção ganha outro toque especial: pode ser a última vez que veremos Hugh Jackman encarnando o mutante, encerrando uma jornada que começou há 17 anos.

filme-03
É DISSO que a galera gosta!

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (27 de abril)

Após o sucesso estrondoso nas bilheterias em 2014, o grupo de heróis mais desconhecido do planeta se tornou um dos maiores fenômenos da cultura pop da década – e isso tudo ao som de músicas que muitos já haviam esquecido que existiam. Três anos depois, é hora de um dos melhores símbolos da Marvel Studios voltar a dominar as telonas, com uma equipe ainda maior: Nebula e Yondu entram para o grupo de infames personagens, junto da debutante Mantis. A garantia é que o diretor James Gunn traga mais diversão, loucura e referências aos anos 80 nesta nova aventura – e a presença de Kurt Russell e Sylvester Stallone no elenco é a maior prova disso.

filme-04

Rei Arthur: A Lenda da Espada (18 de maio)

Os grandes filmes de maio talvez sejam Alien: Convenant (11) e Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar (25), continuações de franquias já consagradas. Mas eu realmente aposto no novo filme de Guy Ritchie (O Agente da U.N.C.L.E), estrelado por Charlie Hunnam (Sons of Anarchy). A história sobre o Rei Arthur é consagrada, mas a nova produção, para minha surpresa, aposta em uma pegada mais fantasiosa, envolvendo magia e seres extraordinários, ao contrário de uma abordagem mais pé no chão, como foi o caso do longa de Robin Wood de 2010. No fim das contas, pode ser uma grande bomba, mas I want to believe!

Mulher Maravilha (1º de junho)

Antes tarde do que nunca! O meio dos super heróis tem sido dominado pelos homens até agora – ao menos no cinema, já que na TV você encontra produções como Supergirl e Jessica Jones – mas isto está prestes a mudar. A super heroína mais famosa do mundo finalmente terá um filme para chamar de seu e, tomara, será o primeiro da DC que não irá dividir a opinião do público e da crítica. Pelos trailers, já é possível perceber que as cenas de ação (principalmente as que envolvem o Laço da Verdade), a fotografia e o discurso feminista característico da personagem são algumas das apostas para fazer com que o Universo DC dos cinemas decole de vez. Com ou sem o jato invisível.

filme-06

Homem-Aranha: De Volta ao Lar (6 de julho)

Se ficamos felizes com os poucos minutos que o personagem teve de tela em Capitão América: Guerra Civil, a alegria promete ser muito maior no filme solo do personagem. O retorno a Casa das Ideias será marcado pela presença do Homem de Ferro (selando de vez o casamento entre a Sony e a Marvel Studios), o clima leve e jovial da vida de estudante de Peter e do visual que, até agora, acertou em cheio. Seja com a roupa do Aranha com o GLORIOSO suvaco de teia (e a aranha gorda nas costas!), seja com a roupa modernizada do Abutre, que tornou o vilão muito menos brega – e mais ameaçador.

filme 07.jpg

Baby Driver (17 de agosto)

O mês de agosto não está tão visado como nos últimos anos, então, cabe outra aposta. Baby Driver é o primeiro filme de Edgar Wright desde 2013, e acho que para qualquer fã do diretor inglês, essa é uma ótima notícia. Responsável pela trilogia do Cornetto (Todo Mundo Quase Morto, Chumbo Grosso e Heróis de Ressaca) e por Scott Pilgrim contra o Mundo, será bom ver Wright de volta em uma história original, após ter saído da produção de Homem-Formiga. A história envolve um jovem piloto de fuga que se envolve em um grande assalto, e o elenco conta com os nomes de Ansel Elgort, Kevin Spacey, Lily James, Jamie Foxx, John Hamm e Jon Bernthal.

filme-08

Kingsman: O Círculo Dourado (28 de setembro)

Talvez ninguém esperasse muita coisa, mas a adaptação da HQ escrita por Mark Millar foi uma das mais gratas surpresas de 2015. Divertido e com uma ação envolvente (isso sem contar com a cena da Igreja, um clássico instantâneo), a obra conseguiu sucesso suficiente para emplacar uma continuação. E há motivos em dobro para comemorar: será a primeira vez que Matthew Vaughn fará uma continuação, realizando o desejo de quem aprovou o seu trabalho em filmes como Kick Ass e X-men: Primeira Classe e queria vê-lo encabeçando a sequência de ambos. Para tal feito, ele conta com um elenco de peso: além dos retornos de Taron Egerton e Colin Firth (!), ainda há nomes como Channing Tatum, Julianne Moore, Jeff Bridges, Pedro Pascal, Halle Berry e Elton John (!!!!).

09

Blade Runner: 2049 (5 de outubro)

Trinta e cinco anos depois do lançamento do original, é hora de voltar ao mundo de humanos e replicantes de Riddley Scott, em uma das continuações mais curiosas (e arriscadas) deste ano. Desta vez, Scott atuará como produtor executivo, deixando a cadeira da direção para Denis Villeneuve, um dos diretores de ascensão mais sólida em Hollywood atualmente, tendo debaixo do braço longas como Os Suspeitos, Sicario e A Chegada. Além do retorno de Harrison Ford como Deckard, o elenco conta com Ryan Gosling, Jared Leto, Robin Wright e Dave Baustista.

filme-10

Liga da Justiça (16 de novembro)

Em 2012, foi uma emoção ver os Vingadores reunidos pela primeira vez na tela grande. Cinco anos depois, será uma emoção igualmente grande ver alguns dos principais heróis da DC reunidos pela primeira vez. A equipe será formada por Batman (Ben Affleck), Mulher Maravilha (Gal Gadot), Flash (Ezra Miller), Aquaman (Jason Momoa) e Cyborg (Ray Fisher), além do retorno certo de Superman (Henry Cavill). E muitos, MUITOS outros personagens. Fica a torcida para que, desta vez, Zack Snyder não divida a opinião do público, realizando um trabalho mais aprimorado do que em O Homem de Aço e Batman v Superman: A Origem da Justiça. Torcida ainda maior para que utilizem o tema da abertura do desenho em algum momento do filme. Preferencialmente, em um enquadramento bonito com toda a equipe, preparada para o combate.

filme-11

Star Wars: Episódio VIII (15 de dezembro)

“Quem são os pais da Rey?”, “Quem é o Supremo Lord Snoke?”, “Por que Luke se isolou em um planeta desabitado?”. Essas e outras perguntas começarão a ser respondidas no final deste ano, quando voltarmos a uma galáxia muito, muito distante. Após o intervalo que foi preenchido por Rogue One, o oitavo episódio da franquia – ainda sem um subtítulo divulgado – retomará a trama dos novos queridinhos da saga intergalática: Rey, Finn, Poe e BB8. Que haja homenagens, mas que a produção não seja um remake de O Império Contra Ataca.

filme-12
Menções honrosas: Se o dinheiro estiver sobrando, outros filmes que merecem a ida no cinema este ano são A Bela e a Fera (16 de março), Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell (30 de março) Velozes & Furiosos 8 (13 de abril), Planeta dos Macacos: Guerra (13 de julho), Dunkirk (27 de julho) e Thor: Ragnarok (2 de novembro).

Anúncios

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s