Corra!

“Em sua estreia como diretor, Jordan Peele prova sua versatilidade em suspense bem construído”

Por Luís Gustavo Fonseca

Dentro da indústria do cinema, os gêneros de terror e de comédia são os que têm mais chances de proporcionar um hit inesperado, que acaba caindo no gosto do público e se tornando um sucesso. Tendo orçamentos menores, o retorno gerado por essas produções acaba sendo incrivelmente lucrativo para os estúdios, principalmente as produtoras menores que, com menos a perder, podem apostar em ideias mais originais. O formato surge como contraponto para os filmes blockbusters e é a chance que esses produtores têm de abocanhar uma fatia do dinheiro gerado pela indústria.

A grande surpresa deste ano é o terror / suspense Corra! (Get Out no original), produção que custou US$ 4,5 milhões e faturou US$ 215 milhões no mundo todo até agora. A trama acompanha Chris (Daniel Kaluuya), um rapaz negro que concorda em viajar com a namorada, Rose (Allison Williams), para conhecer os pais e o restante da família caucasiana da moça. A princípio, Chris acha que o comportamento incomum dos sogros é devido ao fato deles estarem lidando com a ideia da relação interacial da filha. Entretanto, à medida em que o fim de semana progride, uma série de descobertas perturbadoras levam Chris a uma verdade que ele não poderia ter imaginado.

benjamin-getoutandthedeathofwhiteracialinnocence-1200

A obra marca a estreia do comediante Jordan Peele (conhecido por seus trabalhos ao lado do colega Keegan-Michael Key, em séries como MADtv e Kay and Peele) na direção, além de roteirizar a trama. E é uma estreia bem agradável. Peele consegue acertar a mão na ambientação que o gênero necessita, mas de uma forma diferente, criativa. Ele não abusa em clichês como jump scares, cenas escuras ou vultos passando rapidamente no fundo da tela. Ao invés disso, ele aposta na tensão criada por meio do diálogo, usando sabiamente de um plano de fundo repleto de comentários raciais. Quanto mais a família de Rose tenta provar que não é racista, mais desconfortável Chris se sente naquele meio. As falas e as ações que os familiares realizam com o protagonista vão criando um clima certeiro de tensão e estranhamento (a câmara colada no rosto de alguns personagens, enquanto eles fazem feições bizarras, só reforça essa sensação). Isso proporciona paranoia suficiente para que  a história se desenvolva.

harris-the-giant-leap-forward-of-jordan-peelee28099s-get-out-1200
O diretor Jordan Peele.

Outro ponto positivo para Peele é a direção de atores, que conta com boas atuações. A química entre Daniel Kaluuya e Allison Williams funciona e é notável como eles se adaptam às novas situações propostas pelo roteiro, dando um pouco mais de camada às personagens. O elenco de apoio também se destaca, como é o caso de Catherine Keener e Bradley Whitford – que vivem os (estranhos) pais da moça – e LilRel Howery (que interpreta Rod, amigo de Chris), responsável por ser o alívio cômico da história, assim como a voz da razão.

Contudo, o trabalho de Jordan Peele apresenta alguns deslizes. O principal está relacionado à edição, que, em certos momentos, alterna entre núcleos de forma abrupta e mal encaixada, prejudicando o ritmo. Também falta fôlego à produção que, mesmo tendo 1h45, peca um pouco no ritmo do terceiro ato. Aliás, o clímax da película fica aquém do restante, já que ele fica sobrecarregado com a necessidade de explicar as pontas deixadas pelo longa. O plot twist da trama funciona, mas acho que o filme, em certos momentos, entrega muitas dicas do que está acontecendo, o que diminui um pouco do impacto da virada. Somando-se a isso, a resolução da trama é estranhamente simples e rápida, o que é até justificável, mas acaba desperdiçando um pouco do mistério criado no decorrer do enredo.

getout2

Apesar disso, Corra! se sustenta e vale o ingresso. Mais do que ser um bom filme de terror / suspense, a maior herança que a obra deixa é o início da carreira de Jordan Peele como diretor. Ele prova não apenas que sabe lidar com comédia, mas que é capaz de explorar outros gêneros. Certamente, um nome para ficar de olho.

Nota: 7,5/ 10.

Anúncios

Um comentário sobre “Corra!

O que você acha sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s