“Rakka”: um recomeço para Neil Blomkamp

Por Luís Gustavo Fonseca

Neil Blomkamp teve um começo avassalador em Hollywood. O seu filme de estreia, Distrito 9, foi indicado a quatro estatuetas do Oscar, incluindo o prêmio de Melhor Filme. Apadrinhado por Peter Jackson (produtor do longa), a produção conseguiu o clamor da crítica e também do público, o que criou uma expectativa gigante para os futuras obras comandadas pelo sul-africano. Entretanto, os trabalhos posteriores não causaram o mesmo impacto: tanto Elysium quanto Chappie tiveram uma recepção morna dos críticos e não causaram, também, o mesmo BAFAFÁ no público, gerando dois resultados fracos de bilheteria. Continuar lendo ““Rakka”: um recomeço para Neil Blomkamp”

Piratas do Caribe: Melhores Momentos

Por Luís Gustavo Fonseca

Na próxima quinta (25), Jack Sparrow está de volta para um inédito Piratas do Caribe. A franquia, que teve início em 2003, não tem uma produção nova desde 2011, quando o quarto longa da série, Navegando em Águas Misteriosas, teve uma recepção morna da crítica e do público, mesmo fazendo um caminhão de dinheiro. Apesar disso, Piratas ainda tem uma base de fãs imensa, que tem um enorme carinho pelos demais filmes. Aproveitando a ocasião, montei uma lista com alguns dos mais icônicos momentos que a franquia teve até agora. Continuar lendo “Piratas do Caribe: Melhores Momentos”

Adaptações

Por Matheus Araujo

As minhas discussões sobre adaptações começaram nos idos de 2005, quando assisti a Harry Potter e o Cálice de Fogo. Sai daquela sessão desolado, decretando-o como o pior da franquia. Aos dez anos, não conseguia conceber qualquer porquê capaz de justificar a mutilação do livro do qual resultara aquilo denominado roteiro adaptado. Creio que leitores tão apaixonados quanto eu fora, provavelmente, identificam-se com o sentimento. Felizmente, eu mudei.

Continuar lendo “Adaptações”

Samurai Jack: passado e futuro se encontram na nova temporada

Por Luís Gustavo Fonseca

Enquanto os milhões de foliões se divertiam, fantasiados, nos bloquinhos de carnaval que se espalharam pelo Brasil durante o melhor feriado deste país, aproveitei o recesso para corrigir uma lacuna da minha infância e assistir a todos os 52 episódios de Samurai Jack. A série, veiculada entre 2001 e 2004 no Cartoon Network (CN), foi dividida em quatro temporadas de 13 episódios cada. Treze (!) anos depois, ela retorna (agora com transmissão da Adult Swin, que transmitiu o primeiro episódio no último sábado, lá nos EUA) para sua derradeira conclusão, encerrando a rivalidade atemporal de Jack e de Abu – sempre dou uma risadinha ao perceber do porquê mudaram o nome do vilão (Aku) por aqui. Continuar lendo “Samurai Jack: passado e futuro se encontram na nova temporada”

Filmaiada Awards 2017

Por Luís Gustavo Fonseca e Matheus Araujo

Já estamos praticamente em Março, o ano começa a partir da próxima quarta-feira (com o triste fim do Carnaval) e até mesmo a cerimônia do Oscar já aconteceu, no último domingo (26). Então, aos 49 do segundo tempo e com o banco de reserva já pedindo para o jogo terminar, é chegada a hora de darmos uma última olhada para o ano cinematográfico de 2016, e escolhermos o que tivemos de melhor (e pior!) no ano que se passou. Depois de muita análise e discussão, negociatas, acordão com o Supremo para estancar a sangria, chegamos aos vencedores do que melhor foi lançado no Brasil no último ano (ou seja, tudo que rolou entre 1º de janeiro e 31 de dezembro) – e sem confusão no final para premiar o melhor filme =D. Discorda da gente? Deixe nos comentários sua opinião sobre quem deveria, de fato, levar o GRANDIOSÍSSIMO prêmio do Filmaiada Awards! Continuar lendo “Filmaiada Awards 2017”

Oscar 2017: Para além de La La Land

Por Luís Gustavo Fonseca

A manhã da última terça (24) serviu para confirmar que, de fato, La La Land é o filme a ser batido do Oscar este ano. Dirigido por Damien Chazelle, ele igualou o recorde de Titanic e A Malvada, ao conquistar 14 indicações, e deve sair da premiação com ao menos uma mão cheia de estatuetas. Os indicados revelados, contudo, mostram que a 89ª edição do prêmio mais importante de Hollywood não se resume ao sucesso do franco favorito. Abaixo, alguns outros aspectos que merecem destaque – que vão além da 20ª indicação de Maryl Streep e da esperada (mas não menos doída) não indicação de Deadpool a Melhor Filme. Continuar lendo “Oscar 2017: Para além de La La Land”

Em Busca da Perfeição

Por Matheus Araujo

Além da trilha sonora intocável, atuações harmoniosas e edição histórica, Whiplash nos presenteia com a discussão: talento x esforço. O discurso em sua totalidade – até mesmo no subtítulo nacional – apesar de não descartar o potencial inato para o sucesso, evidencia e problematiza a importância da dedicação.

Continuar lendo “Em Busca da Perfeição”

Esquecidos 2016

Por Luís Gustavo Fonseca e Matheus Araujo

Em decorrência dos grandes lançamentos, os holofotes no último ano estiveram voltados para produções como Batman v Superman, Capitão América: Guerra Civil, Animais Fantásticos, Rogue One, entre outros. Contudo, alguns filmes provavelmente passaram despercebidos pelo público. Seguindo sua tradição, o Filmaiada separou seis filmes que foram lançados em solo brasileiro no último ano e que merecem a sua atenção. Confira! Continuar lendo “Esquecidos 2016”

12 Filmes para ficar de olho em 2017

Por Luís Gustavo Fonseca

Ao menos no cinema, o ano de 2016 não foi tão ruim quanto em outros aspectos da vida cotidiana. Tudo bem, houve filmes ruins, como Independence Day: Ressurgimento, algumas decepções como Esquadrão Suicida, mas também houveram pontos positivos, desde longas que saíram em Janeiro, como Os Oito Odiados, passando por surpresas como Deadpool e Zootopia, até a possíveis concorrentes ao Oscar deste ano, como A Chegada. Continuar lendo “12 Filmes para ficar de olho em 2017”