6 coisas que queremos ver na 6ª temporada de Game of Thrones

 

Por Luís Gustavo Fonseca

E vai se aproximando a hora! Depois de 10 meses de hiato, Game of Thrones retorna a HBO neste domingo (24), prometendo mais uma temporada recheada de mortes, intrigas e reviravoltas na política de Westeros. Contudo, desta vez, ela volta com um “tempero” extra: como a série alcançou (e em alguns sentidos, até ultrapassou) os livros, essa será a primeira vez em que tantos os fãs dos livros como o do seriado estão em pé de igualdade, sem saber o que vem pela frente. Será que a temporada irá revelar pontos chaves de Winds of Winter, o sexto livro de G.R.R. Martin que ainda não tem data prevista para ser publicado? Ou a adaptação da TV irá por um caminho totalmente diferente, criando uma história própria? Continuar lendo “6 coisas que queremos ver na 6ª temporada de Game of Thrones”

Anúncios

Demolidor – Season 2

“Diferente e com novos elementos, seriado do Homem sem Medo mantem sua extrema qualidade.”

Por Luís Gustavo Fonseca

Nas adaptações audiovisuais dos super heróis, o segundo filme costuma ter um resultado superior ao original. X-men 2, Homem Aranha 2, Capitão América: O Soldado Invernal, O Cavaleiro das Trevas (e, porque não, Batman: O Retorno) são alguns dos exemplos que mostraram evolução em relação ao primeiro filme. Claro, não é uma regra: há mais esdrúxulos, como o segundo Quarteto Fantástico, e mesmo de filmes bons que não repetiram o impacto de seu antecessor, como Homem de Ferro 2 e Vingadores: Era de Ultron. Continuar lendo “Demolidor – Season 2”

House of Cards: é preciso se reinventar para seguir em frente

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Talvez justamente por eu não assistir com frequência, eu fico me perguntando como a maioria das séries (principalmente as com mais de 20 episódios) conseguem ir tão longe. Supernatural, por exemplo. Lembro que a chamada da quinta ou sexta temporada já prometia o maior dos desafios para os irmãos Winchester. E em qual temporada estamos agora? 11ª? Como eles conseguem estender a história por tanto tempo? Continuar lendo “House of Cards: é preciso se reinventar para seguir em frente”

Quem ainda assiste aos Muppets?

Por Luís Gustavo Fonseca

A única lembrança que eu tenho dos Muppets na minha infância é de um desenho, gravado em um VHS, de uma aventura qualquer deles que envolvia viagem no tempo. Eu gostava do desenho, apesar de não entender muito bem quem eram aqueles personagens, sua importância, e nem as características de cada um. Era apenas uma diversão temporária, apesar de que me marcou bem mais do que suspeitava. Continuar lendo “Quem ainda assiste aos Muppets?”

Impressões de um tímido sobre a Comic Con

Ou o porque eu entendi que a Comic Con é um evento social

 

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Quando foi anunciada no início de 2014, a notícia que teríamos uma Comic Con criou um misto de expectativa com um punhado de incerteza. Era a chance, finalmente, de um evento de grande porte se estabelecer no Brasil, tentando reproduzir todo o clima e grandiosidade de sua “mãe”, a San Diego Comic Con. Por outro lado, havia a dúvida: mas será que um evento desses dá certo por aqui? O público irá abraçar a parada? Os quadrinistas e outros artistas internacionais terão interesse em vir para cá? Será que vale o investimento, em vez de guardar e tentar ir para a de San Diego? Continuar lendo “Impressões de um tímido sobre a Comic Con”

7 coisas que resumem o Globo de Ouro 2016

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Na manhã desta quinta feira (10) foram anunciados os indicados ao Globo de Ouro de 2016 (você pode conferir a lista completa aqui). E além da acirrada disputa na TV, a premiação, que ocorre daqui 1 mês, em 10 de Janeiro, serve como termômetro do que podemos ver no Oscar. Abaixo, algumas das coisas que se destacam na lista: Continuar lendo “7 coisas que resumem o Globo de Ouro 2016”

Doctor Who – Season 9

“Nona temporada chuta as bundas de todas as dúvidas.”

Por Matheus Araujo

Já são 10 anos do ressurgimento de Doctor Who. Se em 2005 poucos confiavam no sucesso, a série não só contrariou geral de lá até cá, como apenas atingiu o ápice de sua popularidade. Evidente que vários são os responsáveis pelo êxito, embora representarei essa galera condensada nos astros principais: Ecclestone reapresentou o Doctor; Tennant o incendiou; Smith o tornou um fenômeno; e Capaldi… Bem, até então não havia mostrado o porquê de sua chegada. As dúvidas haviam retornado após a década!

Continuar lendo “Doctor Who – Season 9”

Jessica Jones (Netflix)

Por Débora Nunes

Essa review contem alguns spoilers

Jessica Jones, a segunda série da parceria Marvel/Netflix, é ambientada nas mesmas ruas de Demolidor e nos apresenta uma protagonista complexa e o vilão mais sádico dentro do universo Marvel até agora. Além do bairro de Hell’s Kitten, Jessica Jones e Demolidor compartilham um tom mais sombrio e o fato de serem heróis mais urbanos, diferente das outras produções da Casa das Ideias, como Os Vingadores, Homem de Ferro e Homem Formiga (o mais recente). Continuar lendo “Jessica Jones (Netflix)”

[FORA DE SÉRIE] Digimon Tri e o retorno à Odaiba

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Acho que para boa parte do pessoal da minha geração (ali de 1990 pra frente), o grande momento em um desenho que fez as crianças chorarem foi a morte do Mufasa, em O Rei Leão, com as lágrimas escorrendo junto as do Simba. Engraçado que esse momento, apesar de ser triste PRA CACETE, nunca me impactou dessa forma (ou ao menos, não me recordo de chorar vendo essa cena). Continuar lendo “[FORA DE SÉRIE] Digimon Tri e o retorno à Odaiba”

Afinal, quem é Jessica Jones?

 

Por Luís Gustavo Fonseca

A partir da próxima sexta feira, você irá conhecer mais sobre ela. Após o sucesso de crítica e público de Demolidor, a Marvel lançará sua nova produção em parceria com a Netflix, Jessica Jones. A personagem, que será vivida por Krysten Ritter, será a mais nova integrante do MCU (Marvel Cinematic Universe), e trará a mesma pegada mais pesada, realista e urbana, apresentada em Demolidor mais cedo este ano.

Mas afinal de contas, quem é Jessica Jones? Continuar lendo “Afinal, quem é Jessica Jones?”