O Rei Leão, Aladdin e como aproveitar melhor a história a ser contada

Por Luís Gustavo Fonseca

Nos últimos anos, a Disney vem investindo em sua mais nova mina de ouro: remakes de clássicas animações do estúdio, oferecendo a oportunidade para que novas gerações conheçam populares histórias da companhia. Após o sucesso de “Alice no País das Maravilhas”, o estúdio já repaginou uma de suas mais clássicas vilãs, “Malévola”, em um filme solo; recontou os encantos de “Cinderella” e “A Bela e a Fera” em versões modernizadas; e ofereceu uma versão super realista de Mogli em “Mogli: O Livro da Selva”. Continuar lendo “O Rei Leão, Aladdin e como aproveitar melhor a história a ser contada”

Moana

Por Matheus Araujo

Sempre me fascinou o respeito das obras Disney ao traço concebido por seu fundador. Em especial, quando os artistas desdobravam as características do desenho de Walt e as combinavam com o estilo típico que pretendiam retratar. Para admirar esses feitos, basta assistir a qualquer animação do estúdio com forte influência de povos não-americanos, como Mulan ou Hércules. No entanto, com Moana percebi que, de repente, ao respeitarem tanto Disney, desrespeitaram culturas e culturas.

Continuar lendo “Moana”