[FORA DE SÉRIE] Bilheteria: 7 coisas que o Verão de 2015 nos ensinou

Por Luís Gustavo Fonseca

E chega ao fim mais um “Verão” (em referência a estação do ano no Hemisfério Norte, período das férias escolares por lá), aquela época do ano em que os cinemas são invadidos pela maioria dos principais blockbusters do ano. E se ano passado tivemos vencedores e perdedores em um dos “Verões” de menor arrecadamento dos últimos tempos, o de 2015 veio para ser um dos mais memoráveis da história. Abaixo, os 7 principais pontos que valem a pena destacar: Continuar lendo “[FORA DE SÉRIE] Bilheteria: 7 coisas que o Verão de 2015 nos ensinou”

[FORA DE SÉRIE] Oscar e Bilheteria: uma combinação imperfeita

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Gostou de Interstellar? Se apaixonou pelos filmes da Marvel de 2014, Capitão América: O Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia? Ou o X-men: Dias de um Futuro Esquecido? Talvez, Planeta dos Macacos: O Confronto? Pois bem. Estes blockbusters, além de serem algumas das maiores bilheterias de 2014, compartilham outra característica: nenhum deles teve a mínima chance de se destacar no Oscar (ou em qualquer outra premiação de importância). Continuar lendo “[FORA DE SÉRIE] Oscar e Bilheteria: uma combinação imperfeita”

Análise: Os vencedores e os perdedores do verão Americano

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Talvez você não tenha reparado (e eu já conheci gente que nunca reparou), mas o período entre Maio e Agosto corresponde à época do cinema que é recheada com as grandes produções, os orçamentos exorbitantes, muitos efeitos especiais, muitos dos atores mais conhecidos, enfim, dos filmes pipocões, ideais para a família aproveitar no domingo a tarde (se bem que é um programa bem caro). E porque esses meses? Bem, no “jargão” do cinema, chamamos de Verão, por se tratar da época em que as escolas no Hemisfério Norte (onde se concentra boa parte dos mercados consumidores cinematográficos) estão em recesso, e ir ao cinema se torna uma das melhores opções para as crianças e adolescentes durante as férias. Continuar lendo “Análise: Os vencedores e os perdedores do verão Americano”