Nasce Uma Estrela

“Com grandes atuações de Bradley Cooper e Lady Gaga, remake de musical clássico marca a largada para a corrida do Oscar do próximo ano”

Por Luís Gustavo Fonseca

Atualmente, muito critica-se o pensamento hollywoodiano de fazer grandes remakes de obras do passado, sejam elas grandes franquias ou obras clássicas. Entretanto, algumas vezes, as novas versões destes filmes servem de porta de entrada para apresentar histórias fascinantes para um novo público, com um outro apelo. Esse é o caso da nova versão de “Nasce Uma Estrela”, que estreia nesta quinta-feira (11) no Brasil, e que traz consigo um legado de grande responsabilidade, que já conquistou o público em diferentes oportunidades no passado. As três versões anteriores do filme, lançadas em 1937, 54 e 76, acumulam juntas 17 indicações Oscar, com dois prêmios conquistados, além de um Oscar honorário. Continuar lendo “Nasce Uma Estrela”

Anúncios

Guardiões da Galáxia Vol.2

“Amadurecimento de personagens é o grande trunfo da nova produção do grupo de ‘a-holes’”

Por Luís Gustavo Fonseca

Em 2014, Guardiões da Galáxia foi a grande surpresa da indústria cinematográfica. Eles dominaram o verão americano (foi o filme mais visto por lá no período) e também conquistaram a empatia de fãs pelo mundo inteiro, totalizando uma bilheteria mundial de US$ 773 milhões. O grupo, até então desconhecido, teve um resultado financeiro superior a heróis bem mais populares, como Homem-Aranha, X-men e Capitão América. As músicas dos anos 70 e 80, a galhofa assumida, a vibe mais leve combinada com um humor certeiro e personagens carismáticos foram alguns dos fatores responsáveis pela instantânea aceitação da equipe pelo grande público. Continuar lendo “Guardiões da Galáxia Vol.2”

Sniper Americano

 “Competência e patriotismo embalam trama de herói americano”

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Não nego. Entre os indicados ao Oscar de Melhor Filme deste ano, Sniper Americano foi, de longe, aquele com qual tinha mais antipatia. Não somente pela trama, que conta a história e o drama pessoal de Chris Kyle (Bradley Cooper), tido como o soldado com mais mortes em combate pelos EUA. Mas também pela mistura da minha raiva por Bradley Cooper ter tido sua terceira indicação consecutiva ao Oscar, e ter tomado o lugar de Ralph Fieenes (O Grande Hotel Budapeste).  E pela minha recente frustração com outros filmes de guerra modernos que foram indicados ao Oscar, como A Hora mais Escura e Guerra ao Terror. Continuar lendo “Sniper Americano”

Guardiões da Galáxia

“Recheado de piadas e embalado por hits dos anos 70, maior aposta da Marvel se transforma em grande acerto”

Por Luís Gustavo Fonseca

 

O ano de 2008 foi um marco na história da Marvel. Naquele ano, a empresa lançava seu primeiro filme próprio, apostando em um herói que, na época, era considerado de segundo escalão. Desnecessário dizer que hoje praticamente todos sabem o seu nome. Continuar lendo “Guardiões da Galáxia”