Trainspotting 2

“Vinte anos depois, Danny Boyle proporciona amadurecimento ao seu quarteto de viciados.”

Por Luís Gustavo Fonseca

Numa época de remakes e continuações desnecessárias (só ano passado, tivemos Zoolander 2 e Casamento Grego 2), é de se erguer as sobrancelhas, com receio, para a continuação de Trainspotting, o longa de 1996 que conquistou milhares de fãs no mundo todo. Passados vinte anos, Mark Renton (Ewan McGregor) retorna para a Escócia para enfrentar os fantasmas do passado, e encontrar-se com os (ex) amigos Spud (Ewen Bremmer), Begbie (Robert Carlyle) e Simon/Sick Boy (Jonny Lee Miller). Como encará-los após (spoiler caso não tenha visto o original) roubar a grana que deveria ser dividida entre o quarteto? Continuar lendo “Trainspotting 2”

Steve Jobs

“Atuações, direção, roteiro… Até o perfeccionista Jobs os aprovaria”.

Por Matheus Araujo

Desde o falecimento de Steve Jobs, uma espécie de desespero para louvá-lo se instalou – certos fanboys da Apple são quase fanáticos religiosos. Não direcionando a culpa, mas este comportamento ansioso não rendeu a retratação que o visionário merecia. Definitivamente, o mesmo não será dito do recente longa-metragem de Danny Boyle.

Continuar lendo “Steve Jobs”