Trainspotting 2

“Vinte anos depois, Danny Boyle proporciona amadurecimento ao seu quarteto de viciados.”

Por Luís Gustavo Fonseca

Numa época de remakes e continuações desnecessárias (só ano passado, tivemos Zoolander 2 e Casamento Grego 2), é de se erguer as sobrancelhas, com receio, para a continuação de Trainspotting, o longa de 1996 que conquistou milhares de fãs no mundo todo. Passados vinte anos, Mark Renton (Ewan McGregor) retorna para a Escócia para enfrentar os fantasmas do passado, e encontrar-se com os (ex) amigos Spud (Ewen Bremmer), Begbie (Robert Carlyle) e Simon/Sick Boy (Jonny Lee Miller). Como encará-los após (spoiler caso não tenha visto o original) roubar a grana que deveria ser dividida entre o quarteto? Continuar lendo “Trainspotting 2”

A Bela e a Fera

“Releitura de clássica animação peca no visual, mas apresenta história mais abrangente e com personagens mais bem construídos”

Por Luís Gustavo Fonseca

A Disney descobriu uma máquina de fazer dinheiro. Com o sucesso estrondoso de Alice no País das Maravilhas em 2010, ela abriu os olhos para a oportunidade de refazer cada uma de suas animações. Mulan, Aladdin, Dumbo e Rei Leão são alguns dos vários projetos que estão em desenvolvimento para explorar essa mina de ouro. Eu já até sugeri aqui cinco animações que, ao contrário de outras, penso que realmente deveriam receber um tratamento em live action. E agora, após os sucessos de Malévola, Cinderella e Mogli, é chegada a hora de A Bela e a Fera receber uma releitura do estúdio do Mickey, 26 anos depois do lançamento da animação que conquistou dois Oscars (Melhor Animação e Melhor Canção) e foi a primeira a ser indicada à categoria Melhor Filme da premiação. Continuar lendo “A Bela e a Fera”