A Forma da Água

Em seu filme mais adulto, Guillermo del Toro conta fascinante fábula de amor.

Por Luís Gustavo Fonseca

O diretor Guillermo del Toro (“A Colina Escarlate”) é um dos cineastas que mais me chama a atenção. Isso não se deve apenas pelo capricho visual de suas obras, mas pelas ideias presentes em seus roteiros – e também daquelas não chegam a se tornar um filme, como o caso da “Liga da Justiça Sombria”. A carreira do mexicano acumula ótimos longas, como “Círculo de Fogo”, “O Labirinto do Fauno” e os dois “Hellboy”. Em todas as suas obras, o diretor e roteirista sempre procurou explorar a mistura entre a fantasia e o terror, de mundos fantásticos e criaturas incríveis com a inocência e a humanidade existente nos seres humanos… E também nas criaturas. Continuar lendo “A Forma da Água”

A Colina Escarlate

“Visual gótico é o principal trunfo do novo filme  de Guillermo del Toro.”

Por Luís Gustavo Fonseca

 

O mexicano Guillermo del Toro, estranhamente, tornou-se um dos meus cineastas favoritos, mesmo eu tendo visto pouca coisa da carreira do diretor. O aclamado O Labirinto do Fauno é uma das mais memoráveis fantasias da década passada (apesar de que, admito, não acho que o filme esteja no patamar que alguns defendem); Pacific Rim foi um dos melhores filmes de 2013, com os jaegers dando um show para cima dos autobots de Michael Bay. Mas, mesmo quando é produtor, como é o caso de Festa no Céu, o traço estilístico do mexicano fica perceptível, o que distingue a animação das demais. Isso sem contar vários projetos que ele anuncia, como o filme da Liga da Justiça Sombria ou a versão dark de Pinocchio, que já conquista o interesse do público só pela ideia inovadora. Continuar lendo “A Colina Escarlate”

[REVIEW] Festa no Céu

“Visual estonteante e trama divertida são trunfos da animação da Reel FX”

 

Por Luís Gustavo Fonseca

 

Naturalmente, costuma-se criar uma grande expectativa das animações dos estúdios mais conhecidos, como Disney, Pixar, Dream Works, ou mesmo a Blue Sky e a Illumination, devido tanto à qualidade de suas obras, como o grande alcance que suas produções conseguem com o público. Por isso, quando uma nova animação é anunciada por um desses estúdios, vira notícia e já gera uma expectativa positiva do público. Continuar lendo “[REVIEW] Festa no Céu”