Um Lugar Silencioso

“Agoniante e imersivo, suspense de John Krasinski é um filme que exige e merece ser visto no cinema.”

Por Luís Gustavo Fonseca

Imagine viver sem ter que fazer nenhum som. Caso contrário, uma criatura cega e selvagem viria em seu rastro e te mataria. Atos banais, como correr, preparar um alimento ou dirigir algum veículo poderiam significar a morte, sendo que, aparentemente, não há defesas contra o monstro. Dessa premissa, que poderia facilmente ser um longa da franquia “Cloverfield” ou um novo filme do diretor M. Night Shyamalan (“Fragmentado”), surge um dos suspenses mais emblemáticos e bem realizados desta década. Continuar lendo “Um Lugar Silencioso”