Kingsman: O Círculo Dourado

Continuação de paródia sobre filmes de espionagem ainda diverte e tem ótimas cenas de ação, mas não repete o brilho do original”.

Por Luís Gustavo Fonseca

Kingsman: O Círculo Dourado” marca a primeira continuação da carreira do diretor Matthew Vaughn, responsável pela direção e roteiro da produção (que ele escreve ao lado de Jane Goldman). Eu sempre tive um particular interesse em como seria uma continuação feita por Vaughn, uma vez que ele já criou excelentes filmes de origem como “Kick-Ass”, “X-men: Primeira Classe” e o próprio “Kingsman”. Sem a necessidade de apresentar um universo e os principais personagens, suspeitei que ele poderia expandir o universo de forma bem detalhada e empolgante. E em “Círculo Dourado”, ele consegue, ao menos em parte, corresponder a essa expectativa. Continuar lendo “Kingsman: O Círculo Dourado”

Anúncios

Kingsman: Serviço Secreto

“A megalomania de Mark Millar, mais uma vez, pelo olhar brilhante de Matthew Vaughn” 

Por Luís Gustavo Fonseca

Desde que eu comecei a ler HQs com uma maior intensidade (e mesmo assim, cobri superficialmente várias das leituras dadas como clássicas), nenhum autor conseguiu despertar mais meu gosto e interesse do que Mark Millar. Mesmo que ele não esteja no patamar de lendas como Alan Moore, Neil Gaiman, Frank Miller, entre outros, o autor escocês é o responsável por várias das histórias que mais aprecio, sobretudo Kick Ass, talvez sua melhor criação. Continuar lendo “Kingsman: Serviço Secreto”