O Lobo de Wall Street

“História real vira uma overdose de exagero e megalomania nas mãos de Martin Scorsese, em mais um filme que poderia render um Oscar a Leo DiCaprio”

Por Luís Gustavo Fonseca

Kubrick, Copolla, Hitchcock, Spielberg e Scorsese. Quando se fala em diretores antigos, dos filmes clássicos, esses são os principais nomes que saltam a minha mente. Coincidentemente, ou não vi, ou pouco vi de alguém deste quinteto, e como “amante” de cinema, carrego isso como uma vergonha que um dia, quem sabe, será remediada. Continuar lendo “O Lobo de Wall Street”