Silêncio

“História sobre crença e fé é mais um acerto na filmografia de Martin Scorsese.”

Por Luís Gustavo Fonseca

Silêncio tinha tudo para ser um daqueles filmes que conseguem o carinho da Academia do Oscar e arrancar um punhado de indicações: é dirigido pelo veterano Martin Scorsese, em seu primeiro trabalho desde O Lobo de Wall Street; tem boas atuações; uma história poderosa e uma produção de arte irretocável. Contudo, a obra foi lembrada em apenas uma categoria (Melhor Fotografia), e mesmo o público ignorou a produção, que teve um desempenho fraquíssimo na bilheteria. Continuar lendo “Silêncio”