Bumblebee

Spin-off  propõe algo diferente e traz novo gás franquia, mas ainda repete alguns dos erros da saga

Por Luís Gustavo Fonseca

Ao longo da última década, “Transformers” se transformou em uma das franquias mais lucrativas do cinema. A saga, comandada em todos os seus cinco filmes por Michael Bay, tornou-se um fenômeno, faturando mais US$ 4,4 bilhões em todo mundo. Contudo, a franquia nunca foi uma queridinha dos críticos, e mesmo o público, agora, aparenta não ter mais o mesmo interesse de outrora. “O Último Cavaleiro”, lançado em 2017, foi o que teve o pior desempenho nas bilheterias. Diante deste cenário, a Paramount optou por dar um gás novo e inovador para este universo, produzindo o primeiro spin-off da franquia, centrada em um dos coadjuvantes mais conhecidos das tramas: Bumblebee. Continuar lendo “Bumblebee”

Anúncios

Transformers: O Último Cavaleiro

“Em seu quinto capítulo, franquia comandada por Michael Bay chega ao seu ponto mais baixo”

Por Luís Gustavo Fonseca

Parece que foi há uma eternidade – sobretudo, porque a duração dos filmes é gigante -, mas o primeiro Transformers dirigido por Michael Bay completa uma década este ano. Tendo um visual deslumbrante, com os efeitos especiais envolvendo os Autobots e os Decepticons impressionando pela excelente qualidade e pela expressão dos personagens máquinas, a franquia teve um início promissor, conquistando um novo número de fãs para os brinquedos criados pela Hasbro. De lá pra cá, contudo, a saga foi ladeira abaixo. Tirando o segundo longa, eu realmente consegui me diverti com os outros, inclusive o quarto, com suas intermináveis 2h45 – na época, escrevi uma carta aberta (!) para o sr. Bay, como você pode conferir aqui. Depois de quatro filmes e dez anos, fica a pergunta: nós precisamos de mais? Continuar lendo “Transformers: O Último Cavaleiro”

[FORA DE SÉRIE] O caminho TV – Cinema

Por Matheus Araujo

Fazendo um paralelo com o texto do amigo Luís Gustavo em relação à migração do cinema para a TV, analisemos o movimento inverso.

Anjos da Lei

Entre 1987 e 91, estrelada por Johnny Depp, Anjos da Lei foi uma grande surpresa até para seu canal produtor, já que a Fox não havia produzido nenhuma série “jovem” de sucesso até então e, portanto, sequer pensava em dominar os espectadores a ponto de rivalizar com os índices de audiência dos concorrentes NBC, CBS e ABC, ou até vencê-los, como realmente aconteceu.

Continuar lendo “[FORA DE SÉRIE] O caminho TV – Cinema”

Transformers: A Era da Extinção

“Uma franquia que claramente pertence a Michael Bay”

 

Prezado Sr. Michael Benjamin Bay,

Em 2007, você apresentou (ou melhor, relembrou) ao mundo a série Transformers. Pelos seus olhos, toda uma geração pode ter contato com um universo recheado de robôs que se transformam em carros velozes, que muitos sonham em um dia ter, e mais, robôs que se degladiam até as últimas engrenagens entre si! Acrescente a isso o sexy appeal de Megan Fox e toneladas de explosões (literalmente, toneladas) além de ação desenfreada, e tenha certeza que você criou um dos mais clássicos pipocões dos últimos tempos. Continuar lendo “Transformers: A Era da Extinção”